GameTrailers Final Fantasy Retrospective V

Final Fantasy VII começou a ser feito 1 ano depois do lançamento de Final Fantasy VI, com a idéia de que o VII deveria ser feito em 3D. O próximo vídeo-game da Nintendo seria o Game Cube que ainda viria em cartucho, mas a Square achou que iria sair muito caro um jogo muito grande no cartucho da Nintendo. Com isso a SONY estava decidida a entrar no mercado de consoles de vídeo-games com o PlayStation 1 que trazia a grande inovação do uso do CD. A Square fez os cálculos e achou que compensava mais lançar Final Fantasy VII em CD, e assim começou a parceria PlayStation-Final Fantasy desde 1996 até hoje. A Square só foi lançar outro jogo com a Nintendo 7 anos depois, Final Fantasy Crystal Chronicles.

Para o projeto a Squere contratou mais 100 pessoas e gastou em torno de 45 milhões de dólares, nunca tinham gastado tanto, nem colocado tantas pessoas para trabalhar em um único jogo. Além disso a SONY gastou 100 milhões em propaganda para Final Fantasy VII. Com todas as novidades acarretadas pela mudança de console, de modelagem (saindo do 2D para o 3D), a Square mais uma vez estava nas mãos dos fãs, ou Final Fantasy VII fazia sucesso ou seria o último jogo, pois se ele falhasse a empresa estaria totalmente quebrada financeiramente.

Em 1997 Fainal Fantasy VII foi lançado e trazia inovações como a ausência de loadings, o que eles fizeram foi a invenção dos CGs, enquanto você esta vendo o a cena gravada – filminhos – o jogo na verdade esta carregando. Outra inovação é o tamanho do jogo, só de CGs havia 40 min, ouve também a chegada dos Limit Break, sempre que um personagem chega a 1 terço da vida(no vermelho) ele começa a ter a disponibilidade de soltar ataques especiais. Pela primeira vez na franquia havia alguém da cor negra entre os personagens (Barret), e que havia um personagem que falava palavrões(Barret), e a primeira vez que realmente existia sangue. Outra característica única até agora, o primeiro triângulo da história de Final Fantasy, é que haviam duas personagens brigando pelo personagem principal, e meio que cabia a quem estava jogando escolher qual das duas moças ficar(Tifa ou Aeres), mas isso não mudava em nada o desenrolar da história.

Steven Spielberg na Game Developers Conference(GDC) em 2004 disse: “Video-game só será considerado uma arte quando alguém conseguir realmente chorar quando chegar ao nível 17”. Bem vê-se claramente que Steven Spielberg nunca jogou Final Fantasy.

Um fato que aconteceu e consequentemente influenciou muito o jogo foi que a mãe de Hiranobu Sakaguchi morreu então por isso Final Fantasy VII é bem religioso, fala sobre a existencia da mãe terra Jenova, e sobre reencarnação e que tudo volta para o Life Streming.

Quando chegou o ano 2000, a Square teve a idéia de expandir a franquia Final Fantasy, e fez um projeto chamado Compilação Final Fantasy VII que irá promover jogos, filmes e afins de Final Fantasy VII por uma duração de 20 anos, até o aniversário de 20 anos do jogo. Aos poucos está sendo lançado jogos solo para cada um dos personagens principais do jogo, além do primeiro filme Final Fantasy Advent Children, o último jogo foi Final Fantasy Crisis Core.

Ver também:

Final Fantasy Retrospective IV

Final Fantasy Retrospective VI

Anúncios

2 Respostas para “GameTrailers Final Fantasy Retrospective V

  1. [Gosta de programar pra web em que? html, php, .NET ? pensa em fazer o que então pra vestibular? publicidade pra fazer websites?]

    Respondendo… ^^
    Eu gostaria muito de aprender PHP e ASP *__*
    Mas pretendo prestar para Desenho Industrial o

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s