GameTrailers Final Fantasy Retrospective VI

Final Fantasy VII vendeu em torno de 2 milhões e 300 mil unidades, nos 3 primeiros dias. E uma grande mudança drástica que começou a acontecer na série Final Fantasy desde o VII, ela começou a tornar-se futurista. Quando terminaram a tradução de Final Fantasy VII, a Square começou a fazer Final Fantasy VIII e como a futurismo deu certo ele resolveram continuar nesse caminho.

E mais uma vez resolveram fazer algo que nunca tinham feito. Final Fantasy VIII foi feito em 2 anos, e por os 3 do começo(Hiranobu Sakaguchi, Yoshitaka Amano e Nobuo Uematsu) , como eles já haviam feito Final Fantasy VII já estavam mais familiarizados com a engine((game engine) é um programa de computador e/ou um conjunto de bibliotecas para simplificar o desenvolvimento de jogos ou outras simulações em tempo real, para videogames e computadores rodando sistemas operacionais, tais como Microsoft Windows, Linux, Mac OS X, FreeBSD. A funcionalidade tipicamente fornecida por um motor de jogo inclui um motor de renderização (ou rendering engine) para renderizar gráficos 2D ou 3D, um motor de física (ou physics engine) com detecção de colisão, suporte à sons, uma linguagem de script, suporte à animação, inteligência artificial, networking, e um scene graph.) e o hardware do PlayStation, assim puderam explora-lo ao máximo para fazer Final Fantasy VIII.

Na época da produção do jogo estavam na “moda” animes que tinham como tema colégio, então foi decidido que o jogo teria um colégio como temática da história e os personagens teriam traços mais realistas, com proporções mais realistas(em Final Faantasy VIII as pessoas são altas e esguias, e se parecem mais com “pessoas normais”). A Square mais uma vez inovando.

Agora o jogo tinha realmente uma música cantada, o OST de Final Fantasy VIII vendeu 400 mil unidades. Os personagens principais ficavam apaixonados mais uma vez, mas diferente dos jogos anteriores da série, a paixão pela primeira vez era motivo de muitos acontecimentos e ações dos personagens durante o jogo. Foi o primeiro a ter mais de um personagem principal o qual você podia realmente controlar, histórias paralelas aconteciam com cada personagem principal e seus devidos relacionamentos (Squall e Laguna). Pela primeira vez os textos mostravam o que os personagens estavam pensando permitindo ao jogador ver um pouco de personalidade nos personagens.

Final Fantasy VIII foi o primeiro Final Fantasy que tinha o jogo que cartas que hoje é tão clássico da série. Final Fantasy VIII vendeu 2 milhões e 400 mil unidades na data da estréia (1999) apenas no Japão, nos E.U.A após o seu lançamento foi durante 3 semanas o jogo mais vendido.

Então agora parecia que estava decidido que cada fez a serie Final Fantasy seria mais e mais futurista – era isso que a crítica e os fãs imaginavam. Mas a Square não gosta de ser previsível. E decidiu fazer Final Fantasy IX, o qual seria o último da série no PlayStation One, totalmente antigo, relembrando os antigos Final Fantasy com um grande leque de profissões para escolher.

O projeto que virou Fainal Fantasy IX, anteriormente iria ser Final Fantasy Chronicles para um outro console que não o PlayStation One, mas quando terminado eles gostaram tanto que decidiram que ele seria Final Fantasy IX e outro projeto iria ser iniciado para fazer um Final Fantasy Chronicles para lançarem no outro console.

Ver também:

Final Fantasy Retrospective V

Final Fantasy Retrospective VII

Anúncios

Uma resposta para “GameTrailers Final Fantasy Retrospective VI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s