Mushishi (Mushi-shi) – Anime Review

Gênero: Seinen que conta com Ação 0%, Aventura 5%, Comédia 0%, Fantasia Histórica 100%, Drama 30%, Romance 0%.

Faixa etária: É voltado para um público mais maduro, entre 18 e 25 anos, mesmo sem ter violência e nem cenas fortes ou de nudez.

Autor: Yuki Urushibara

Estúdio: Artland

A história está baseada na presença de seres estranhos e misteriosos, os Mushi, uma espécie de ser vivo, mas de uma forma bem primitiva, sendo na linha evolutiva comparado a parasitas, bactérias por sua grande simplicidade e assemelha-se aos vírus por não estar contido em nenhuma outra linha evolutiva, não parece com nada, mas se adapta a vida nos mais diferentes lugares.

O mundo fantástico da história está situado em um Japão diferente, o qual lembra um pouco o feudalismo, pois que tudo gira em torno da vida rural, mas aparentemente não há presença dos senhores feudais, esse mundo está repleto desses Mushis e as pessoas tentam encontrar formas de conviver com esses seres estranhos e se adaptar as dificuldades causadas por sua presença. Algumas pessoas decidiram dedicar a vida a entender como os Mushis se comportam e assim ajudar as pessoas – por um certo preço, lógico -, e essas pessoas recebem a denominação de Mushishis. O personagem principal da história é um Mushishi, Ginko o nome dele, o qual viaja pelo país descobrindo e colecionado Mushis e informações sobre eles.

O anime é muito bonito, e tem uma história bastante interessante e diferente, o que lhe dá muitos pontos positivos, além de tocar muito em assuntos que desrespeito a dilemas morais em que o própiro espectador se questiona, onde não existe o certo e o errado. Acho que o único ponto negativo é que algumas histórias não têm final, cada episódio é como se fosse uma história separada, não existe muita continuidade. Então alguns casos ficam sem resposta, mas como não existe o certo e o errado, cabe a cada espectador achar, ou não, que existe resolução para o caso.

Nota Geral do Anime(0 a 10): 8,7

Nota da História: 10

Nota de Desenvolvimento da História: 7

Nota da Trilha Sonora: 8

Nota da Qualidade de Animação: 10

Mangá: Mushishi primeiramente é um mangá de Yuki Urushibara, que devido ao sucesso, foi adaptado para anime e live-action (faz referência a filmes ou adaptações onde os personagens são atores, ao invés de animações(desenhos no real sentido da palavra), o exemplo mais comumente conhecido é Power Rager). O mangá foi publicado no Japão pela revista Kodansha, mas serializado pela revista Afternoon a partir de 1999 e ainda está sendo feito, já existem 8 Tankõbon (livros sobre a temática do mangá, mas que não tem correlação alguma com a história que se passa nele) chegando até a ser premiado na 7º Japan Media Arts Festival.

Anime: O anime tem ao todo 26 episódios, e ganhou diversos prêmios como Kodansha Manga Award como adaptação de mangá, esteve no top 10 nas categorias mangá e anime do 10ºJapan Media Arts Festival e ganhou o Tokyo International Anime Fair em 2006. Sua exibição original ocorreu de 22 de outubro de 2005 a março de 2006.

Filme (Live-action): Foi produzido em 2006, dirigido por Katsuhiro Otomo (famoso pela versão em filme de Akira), sendo premiado em 2006 no Venice Film Festival, engloba os episódios 3, 7, 12 e 20 do anime.

OST (Original Sound Track):

– The Sore Feet Song por Ally Kerr é a música de abertura do Anime

Essa música lembra muito o estilo de música cantado pela banda Belle and Sebastian – me da muito sono esse estilo, não sei como é que as pessoas vão para o show deles e dançam, ou melhor sei, acho que elas dançam pra não cair de sono.

Você pode encontrar esse anime no Fansub O.M.D.A ou no Tacker do Fansub Seizu (eles constam na minha lista de fansub).

Para um review mais imparcial visite a Wikipedia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s