Bleach – Review

 

Gênero: Shõnen com Ação 70%, Aventura 90%, Comédia 15%, Fantasia 100%, Drama 0%, Romance 1%.

Faixa etária: Tem como publico alvo adolescente a partir de 15 anos (idade dos personagens centrais do Anime), as cenas de violência não são muito extremas e não ha cenas de nudez.

Autor: Kubo Tite – seu nome verdadeiro é Noriaki Kubo.

Estúdio: Pierrot

Ishigo

Bleach tem uma temática à primeira vista parecida com muitos outros animes, chegou até a ser barrado na Shounen Jump por acharem que era muito parecido com Yu-yu-hakusho – o primeiro nome de Bleach era Detetive Espiritual -, Kubo Tite só conseguiu fazer a publicação algum tempo depois devido o autor de DragonBall, Akira Toryama, que gostou muito do anime e o indicou para a publicação junto a revista após algumas reformulações – como a mudança do nome de Detetive Espiritual para Bleach.

A história que envolve os personagens é cronologicamente continua, mas ainda assim Kubo Tite consegue fazer muitas surpresas, principalmente com relação ao rumo das temporadas, artifício utilizado por alguns autores conhecido como plot twist (uma reviravolta na trama corrente do Anime).

Assim para os fãs que gostam de grandes mudanças, aconselho Bleach. – Existem os dois tipos de fãs aqueles que amam autores que fazem bastante plot twist, e os que odeiam, então cabe a cada um escolher que tipo de fã será. Outro grande diferencial em Bleach é que às vezes parece que enquanto você esta assistindo uma temporada mais ou menos, Kubo Tite está tramando em sua cabeça uma temporada muito boa, e bem diferente, para o próximo semestre – pelo menos é assim que tem acontecido até agora.

A temática do anime e do mangá são as mesmas, passa-se numa cidade hipotética do Japão em um tempo corrente muito parecido com o nosso. Na cidade de Karakura moram alguns dos personagens do desenho, incluindo o principal Kurosaki Ishigo (lembrando que no Japão diz-se o nome da família antes do nome da pessoa) o qual consegue ver “pessoas mortas”.

Por causa dessa habilidade ele torna-se amigo de uma Shinigami (uma espécie de Deus da Morte), Kuchiki Rukia. Junto com sua amiga sempre se presta a ajudar essas “pessoas”, até que elas consigam de alguma forma “ir embora”, protegendo-os dos maus espíritos, os Hollows, ou enviando-os para a Soul Society (Sociedade das Almas,também pode ser chamado de Céu, Nirvana).

Acho que diferentemente de outros autores Kubo Tite não fazia idéia do sucesso que iria ter e não tinha muitas pretensões para o futuro, por causa disso de acordo com a temporada o comportamento dos personagens e seus focos mudam um pouco. Bleach está atualmente na sétima temporada.

Na primeira temporada parecia que iria ser um anime bem normal do tipo cada episódio resolve um caso diferente, salva uma alma e mata um Hollow, meio sem muita expectativa. Mas após o décimo sexto episódio acontece algo que muda o rumo da história e bota em jogo a vida de sua amiga Rukia, então todos os personagens se mobilizam para resolver esse problema. Com isso novos personagens são adicionados ao desenho enriquecendo-o.

A segunda temporada é eletrizante, a maior de todas as surpresas que enriquecem o anime está aqui, e onde também reside muito do futuro de todas as temporadas. A terceira é a continuação da segunda temporada, pelo menos, em sua maior parte. Só que após esses grandes acontecimentos um pequeno problema aconteceu – e acontece na maioria aos animes que dependem de um mangá, bem os animes andam mais rápido que o mangá -, começaram os Fillers. Então para dar tempo ao mangá são inseridos muitos episódios extras que não fazem parte do enredo original do mangáka. A quarta e a quinta temporada de Bleach são fillers – dos quais eu não gostei nem um pouco. Durante parte da sexta temporada o anime volta a sua trajetória original e finalmente chega a sétima temporada a qual o traz totalmente de volta a trama e a fidelidade para com o mangá.

Nota Geral do Anime(0 a 10): 9,5

Nota da História: 9

Nota de Desenvolvimento da História: 8 (É bom, mas às vezes fica muito lento o desenrolar devido aos fillers)

Nota da Trilha Sonora: 8 (Têm muitos altos e baixos, algumas vezes as músicas são muito boas, mas às vezes tem que se assistir a abertura e encerramento no MUDO)

Nota da Qualidade de Animação: 8

Mangá: Começou a ser publicado em agosto de 2001, e continua até hoje, conta atualmente com 311 capítulos publicados pela Shonen Jump Semanal (Weekly Shonen Jump). Sendo reunidos e serializados pela Shueisha que já lançou 32 volumes do mangá – os mangákas começam suas publicações primeiramente em revistas como a Shonen Jump (especializada em títulos mais masculinos), essas revistam saem semanalmente e dentro dela há um capítulo de cada um dos vários títulos diferentes que estão sendo publicados, após alguns lançamentos, esses capítulos podem então ser reunidos e serializados formando um mangá como nos o conhecemos.

Anime: Foi lançado originalmente em 5 de outubro de 2004 e conta atualmente com 161 episódios, estando na sétima temporada.

Ovas: As histórias são desconectadas da história corrente do anime ou do mangá.

Memories in the Rain

Soul Sonic 2006

Bleach – Frenesi da Espada Selada (The Sealed Sword Frenzy)

Filmes: As histórias também são desconectadas da história corrente do anime ou do mangá, sendo usado mais como meio de divulgação, tanto dentro como fora do Japão.

-Memories of Nobody

-The Diamond Dust Rebelion

OST (Músicas):

Assim como o anime as músicas de Bleach estão sempre em constante mudança, às vezes são muito boas e às vezes bem ruins. Mas é uma coletânea variada e para quase todos os gostos musicais. Uma lista bem detalhada de todos os OSTs pode ser encontrada no  Bleach Project.

Capitães do Gotei 13

Para mais informações acesse o Bleach Project ou a wikipidia, Bleach é traduzido por vários Fansubs, acompanho as traduções semanais da O.M.D.A.

Anúncios

6 Respostas para “Bleach – Review

  1. BLEACH É O ANIME MAIS FODA QUE TEM, AINDA TEM GENTE BUIRRA QUE PREFERE OPIRATA DO CHAPÉU DE PALHA… ME POUPE…

  2. ola eu queria q vcs colocacem a foto de todos os personagens do bleach e eu queria justo a foto do ichigo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s