xxxHolic – Review (Parte 1)

Gênero: Seinen (para adultos de 18-30 anos de idade) que conta com Ação 5%, Aventura 2%, Comédia 30%, Fantasia 50%, Drama 30%, Romance 0%, Sobrenatural 50%.

Faixa etária: Acima de 18 anos, apesar de seus personagens nem todos terem essa faixa etária, requer um publico com uma opinião já bem definida.

Autor: CLAMP

Estúdio: Production I.G

xxxHolic foi lançado juntamente com Tsubasa: Reservoir Chronicle, outro anime da CLAMP. Mesmo os animes possuindo publico alvo e gênero diferente, Tsubasa: Reservoir Chronicle é um anime tipicamente Shõnen (para meninas), a história dos animes se relacionam. Assim como com diversos outros personagens de outros animes das mesmas autoras – para quem ainda não sabe a CLAMP é um estúdio formado por 4 mulheres mangakás.

Apesar de, em minha opinião, existir uma diferença muito grande no personagem principal, de como ele se mostra em Tsubasa, para como ele é em Holic. O Watanuki de Tsubasa parece muito mais seguro, confiante e destemido do que o mostrado em Holic, então apesar dos acontecimentos coexistirem nos dois animes. Considero mais como se aquele mostrado em Tsubasa: Reservoir Chronicle seja a evolução do personagem de xxxHolic.

Esse é o primeiro anime voltado diretamente para o gênero Seinen da CLAMP, de temática mais madura e com publico alvo mais adulto. Considero ser essa a estréia das autoras no gênero, o anime mais parecido em dramatização e seriedade certamente é X/1999.

O anime tem uma temática bem diversificada, sendo difícil até definir diretamente o porquê gosto do anime – e como conseqüência esse tem sido o review mais difícil que já fiz até hoje. A primeira vista pensei que o anime abordasse o NADA, a vida “cotidiana”.

Aos poucos fui descobrindo que não, a temática estava muito bem definida, mesmo sendo única e intrigante, em xxxHolic pode haver muito mais que a simples história contada literalmente, e dependendo de qual ângulo escolher olhar, pode haver muito a aprender com a serie. A começar pelo personagem principal o qual com o decorrer da história se mostra muito especial e admirado por alguns personagens, mas o próprio é o primeiro a não se valorizar, ele ainda tem muito a aprender com Yuko .

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s